sábado, novembro 08, 2008

CINE #0

Photobucket
Em 1990, com 22 anos e recém-licenciado, Christopher McCandless ao terminar a faculdade, doa todo o seu dinheiro a uma instituição de caridade, muda de identidade e parte em busca de uma experiência genuína que transcendesse o materialismo do quotidiano. Abandona, assim, a próspera casa paterna sem que ninguém saiba e mete-se à estrada. Deambula por uma boa parte da América (chegando mesmo ao México) à boleia, a pé, ou até de canoa, arranjando empregos temporários sempre que o dinheiro faltasse pois, Chris acaba por abandonar o seu carro e queimar todo o dinheiro que levava consigo para se sentir mais livre, mas nunca se fixando muito tempo no mesmo local.

Into the Wild é um filme de 2007, mas só tive oportunidade de o ver agora, e nunca é tarde para ver uma obra-prima como esta realizada por Sean Penn e adaptado de uma história verídica.
Se tiverem oportunidade, vejam. E ouçam a [fabulosa] banda sonora da autoria de Eddie Vedder.

4 comentários:

Rita Jorge Pinheiro disse...

Ele acabou por morrer no deserto. Os pais forma à Oprah contar a história da vida do filho e explicar porque demoraram tanto tempo a aceitar que se fizesse o filme. O Sean Penn queria fazer o filme, a família disse que não estava pronta e ele disse que esperava o que fosse preciso.

Fipa disse...

este filme teve um efeito retardado ( e intenso) em mim...só depois de o ver é que chorei.

Taller disse...

eu sou o taller, tive no mail de projecto... i fiquei com aquele nome estúpido...
i continuando...
bela pelicula, fez com que voltasse a tolerar o eddie vedder.. banda sonora muito boa!

Taller disse...

continua a merda do taller = el vitorio!! l0l